Your browser does not support JavaScript!

Blog

Regenerativo permite que você se recupere para o treino mais pesado

Esses treinamentos devem ser feitos de uma maneira confortável. Os dias podem ser ainda de descanso ou de bicicleta, natação e outras atividades

Os treinos fáceis são mais apropriadamente chamados de regenerativos, pois o seu propósito é permitir que você se recupere para o próximo treino mais duro. E no que consiste um treino regenerativo? Como na maioria dos aspectos da corrida, isso depende da sua fisiologia. Esses treinos devem ser feitos de uma maneira confortavelmente devagar. Em alguns casos, esses dias mais leves podem ser de descanso geral ou de bike ou natação (ou alguma outra atividade que você goste).

Talvez um dos erros mais comuns entre os corredores seja correr rápido demais no treino regenerativo.  Se você acelera demais em um dia planejado de treino leve, provavelmente estará um pouco mais cansado para o seu próximo treino intervalado, por exemplo, e ele pode não sair como você programou. E isso pode se tornar um ciclo em que os seus dias de descanso são feitos em ritmo tão acelerado que a qualidade dos seus treinos rápidos começa a cair. Acarretando em treinos e provas medíocres. Da mesma maneira que é preciso ter disciplina para encarar aquela série intervalada e terminar acelerando, é preciso treinar leve mesmo quando você está se sentindo muito bem em um dia de descanso.

Corrida praia

Foto: Raquel Baranow – Licença CC-BY

Um erro comum entre maratonistas é colocar distância demais no treino de recuperação. No começo da preparação específica, talvez não tenha problema você colocar dois kms aqui ou ali, pois o volume total da semana ainda está baixo para o que vai ser. Mas quando se entra naquela fase mais difícil e os treinos ficam mais longos e com objetivos específicos, não vale começar o seu longão cansado por que correu demais no dia que tinha que correr de menos. Isso é dar um passo para trás, pode atrasar o seu planejamento.

Os seus dias mais leves não devem gerar mais um cansaço muscular e emocional. Se possível, tente minimizar o impacto nas pernas nesse dia – corra na grama, terra batida, na esteira ou mesmo na areia fofa (apenas se você conseguir correr confortável aqui). Correr em superfícies mais macias em treinos regenerativos pode acelerar a sua recuperação. Quando você considera que os seus dias mais fáceis aparecem justamente quando você está mais cansado e com a musculatura mais sensível, faz sentido pegar leve com os seus músculos. E isso implica em evitar correr na ladeira, não apenas por que a subida, por si só, já demanda mais energia do que o necessário para um treino leve, mas as descidas também tendem a gerar um maior desgaste muscular, e você com certeza não que adicionar nenhum desgaste muscular ao seu treino de recuperação.

Usar um monitor cardíaco pode ser uma maneira interessante de evitar passar do ponto. Mas é importante que você ganhe sensibilidade do esforço que está fazendo. Talvez seja esse amadurecimento e essa percepção que permitam que você suba de nível e consiga melhorar na corrida.

Por Gustavo Luz

Fonte: http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/treinos/noticia/2014/05/regenerativo-permite-que-voce-se-recupere-para-o-treino-mais-pesado.html

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePin on PinterestShare on Reddit

Comente

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

Obrigatório