Your browser does not support JavaScript!

Blog

Não quer ter uma saúde frágil? Então diminua o tempo que passa na cadeira

Do VivaBem, em São Paulo
28/06/2018 19h34

Se você é do tipo que sempre se senta quando vê um banco livre no ônibus ou um sofá, é melhor repensar seus hábitos. De acordo com um novo estudo, publicado pela Universidade de Queensland, na Austrália, permanecer muito tempo na cadeira torna a saúde das mulheres mais frágil e diminui os anos de vida.

Glenn3095 – Domínio Púbico

A boa notícia é que, de acordo com os cientistas, as participantes da pesquisa que diminuíram seu tempo sentado em aproximadamente duas horas por dia reduziram o risco de vulnerabilidade.

No trabalho científico, os pesquisadores analisaram o comportamento sedentário de 5462 mulheres idosas, durante 12 anos. A equipe dividiu o tempo sentado em três categorias: baixo (3,5 horas por dia), médio (5,5 horas por dia) e alto (10 horas por dia).

Estudos anteriores já mostraram que, embora as mulheres vivam mais do que os homens, elas estão em um risco comparativamente maior de fragilidade. E a pesquisa australiana também confirmou isso. No geral, as mulheres que tinham alto nível de sedentarismo –cerca de 10 horas por dia – corriam mais risco de se tornarem frágeis.

“Fragilidade significa que você tem menos reservas para se recuperar de doenças ou ferimentos. Também está ligada ao aumento do risco de hospitalização, quedas, mudança para instalações de cuidados residenciais e mortalidade prematura”, diz Paul Gardiner, um dos autores do estudo.

Para uma saúde ideal, a equipe de cientistas recomenda que adultos com 65 anos ou mais se envolvam semanalmente em pelo menos 2,5 horas de atividade aeróbica (corrida, caminhada, natação) de intensidade moderada, bem como realizem exercícios de fortalecimento muscular duas vezes por semana.

Fonte:
https://vivabem.uol.com.br/noticias/redacao/2018/06/28/mulheres-que-ficam-muito-tempo-sentadas-vivem-menos.htm

Comente

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

Obrigatório

 
  • Publicidade