Your browser does not support JavaScript!

Blog

Estudos comprovam que beber água emagrece

A água aumenta o gasto calórico e auxilia processo de emagrecimento

IMG_8043net

Enquanto você gasta rios de dinheiro com termogênicos e ajuda a indústria farmacêutica a enriquecer, 500 ml de água gelada antes das principais refeições pode te ajudar a queimar mais calorias e ajudar no processo de emagrecimento.

Mecanismos fisiológicos da água no organismo:

Alguns dos mecanismos fisiológicos conhecidos para explicar o papel da água na perda de peso são os seguintes:

Beber água estimula o sistema nervoso simpático (Scott et al) e, consequentemente, aumenta as concentrações de hormônios com a noraepinefrina e epinefrina  associado ao aumento da estimulação dos receptores adrenérgicos. (Geelen et al). O sistema nervoso simpático é importante na regulação do metabolismo energético. Essa ativação simpática aumenta a captação de glicose do metabolismo celular e estimula a quebra da gordura (Nonogaki);

A água é essencial também no papel da metabolização da gordura armazenada em energia, tanto é assim que níveis leves de desidratação podem retardar o metabolismo. Com o metabolismo mais lento, mais lenta será a perda da gordura corporal. Uma desidratação que passa despercebida pela pessoa retarda em até 3% do metabolismo.

A água é um supressor natural do apetite (Lipp et al). O mecanismo do sistema nervoso central da sede pode ser confundido com o mecanismo da fome em 37% da população. Um estudo da Universidade de Washington mostrou que um copo de água ingerido a noite antes de dormir alivia a fome em quase 100% dos casos em indivíduos que estão sob um programa de dieta para perda de peso.

O que mostram os estudos:

Estudos recentes mostram que a água tem um excelente papel no processo de emagrecimento. Beber água mais do que a necessidade é investigada como parte de programas de emagrecimento. No entanto, apenas alguns estudos abordaram a questão água x emagrecimento.

Estudo 1:

Um recente estudo realizado por Vij & Joshi, investigou os efeitos da ingestão de água no papel termogênico na redução da gordura corporal em 50 meninas por um período de 8 semanas (2 meses).

Os resultados mostraram que os valores médios antes do tratamento para o somatório da espessura das dobras cutâneas em três locais: tríceps, abdômen e coxa foram 79,6 mm. Após o tratamento houve uma redução para 76,5 milímetros (redução de 3,1 mm), estatisticamente significativa.

Estudo 2:

Outro estudo publicado por Boschmann no Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, mostra os efeitos de beber 500 ml de água sobre o gasto energético e sobre as taxas de oxidação dos subtratos em 14 indivíduos com peso normal e saudáveis (7 homens e 7 mulheres),

Os resultados mostraram que a ingestão de 500 ml de água aumentou em 30% a taxa metabólica. O aumento ocorreu entre 10 min e atingiu um máximo após 30-40 min. A resposta termogênica total foi de cerca de 100 kJ.

Nos homens, os lipídios foram utilizados como fonte principal de energia para esse aumento da taxa metabólica. Em contraste, os carboidratos foram utilizados como fonte principal nas mulheres.

Os autores concluíram ainda que a ingestão de 1,5 litros água aumentaria diariamente o gasto energético em cerca de 200 kJ. Isso significa que em um ano o gasto de energia aumentaria em 73.000 kJ (17.400 kcal), conteúdo de energia de 2,4 kg de tecido adiposo.

Mas lembre-se: a água sozinha não faz emagrecer . Ela apenas aumenta o seu gasto calórico, o que é extremamente necessário para um programa de exercícios físicos associados a uma reeducação alimentar.

Referências:
1) Boschmann M, Steiniger J, Hille U, Tank J, Adams F, Sharma AM, et al. Water induced thermogenesis. J Clin Endocrinol Metab. 2003; 88(12):6015-09.
2) Jordan J, Shannon JR, Black BK, Ali Y, Farley M, Costa F, Diedrich A, Robertson RM, Biaggioni I, Robertson D 2000 The pressor response to water drinking in humans: a sympathetic reflex? Circulation 101:504–509
3) Scott EM, Greenwood JP, Gilbey SG, Stoker JB, Mary DA 2001 Water ingestion increases sympathetic vasoconstrictor discharge in normal human subjects. Clin Sci Colch 100:335–342
4) Tank J, Schroeder C, Stoffels M, Diedrich A, Sharma AM, Luft FC, Jordan J 2003 Pressor effect of water drinking in tetraplegic patients may be a spinal reflex. Hypertension 41:1234–1239
5) Vij VA, Joshi AS: Effect of ‘water induced thermogenesis’ on body weight, body mass index and body composition of overweight subjects. J Clin Diagn Res; 2013 Sep;7(9):1894-6
6) Geelen G, Greenleaf JE, Keil LC 1996 Drinking-induced plasma vasopressin and norepinephrine changes in dehydrated humans. J Clin Endocrinol Metab 81:2131–2135
7) Nonogaki K 2000 New insights into sympathetic regulation of glucose and fat metabolism. Diabetologia 43:533–549
8) Lipp A, Tank J, Franke G, Arnold G, Luft FC, Jordan J. Osmosensitive mechanisms contribute to the water drinking-induced pressor response in humans. Neurology. 2005; 65: 905–07.

http://saude.terra.com.br/agora-vai-estudos-comprovam-que-beber-agua-emagrece,43bac7ea73bc115adb0c27af0d6aaa88jv7cRCRD.html

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePin on PinterestShare on Reddit
Tags: , , , , , , , , .

Comente

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

Obrigatório

 
  • Publicidade