Your browser does not support JavaScript!

Blog

Deixe a preguiça de lado: inverno é a melhor hora para começar uma dieta

Em vez de abandonar a boa alimentação e os exercícios no frio, utilize esse período para reformular os hábitos. Nutricionista ensina como

Por Cristiane Perroni, Rio de Janeiro
17/07/2018 08h13 Atualizado há 14 horas

Glenn3095 – Domínio Púbico

Com a temperatura esfriando, é comum as pessoas terem uma certa preguiça para a prática esportiva e dietas. Aumenta a vontade de ficar embaixo das cobertas vendo um filme, comendo algo quentinho e cremoso ou tomando um chocolate quente. Mas os alimentos cremosos possuem alta concentração calórica, são feitos à base de manteiga, creme de leite e queijos. Associando esse aumento da ingestão calórica com a redução da prática esportiva, é maior o risco de ganho de peso neste período.

Então, se você quer estar bem para o verão, o melhor momento para iniciar um programa de redução de peso é agora, no inverno, pois teremos bastante tempo para alcançar a meta desejada.

Temperatura mais baixa, metabolismo acelerado

Em ambientes frios, para manter a temperatura corporal, o metabolismo “acelera”, elevando a taxa metabólica de repouso (gasto de calorias parado). Conforto térmico entre 23ºC a 26ºC. Abaixo de 23ºC, aumenta o gasto energético. Mas, com o aumento do gasto energético, ocorre também aumento do apetite.

Preparo de sopas

Sopas são boa opção como jantar em dias de temperatura mais baixa, entretanto pode ser uma bomba calórica quando são utilizados ingredientes errados. Deve ser adicionada uma fonte proteica (músculo, frango, peixe, frutos do mar cogumelos ou queijos magros como cottage), associada a hortaliças A (alho poró, berinjela, espinafre, bertalha, couve-flor, brócolis, couve, aspargos, palmito), hortaliças B (abóbora, abobrinha, cenoura, beterraba, chuchu, vagem) e menor quantidade de hortaliças C (batata doce, inhame, aipim, batata baroa). Evitar sopas que tenham macarrão, carnes salgadas e gordas (costela, paio, linguiça, bacon), queijos e creme de leite.

Cuidados com a hidratação

A sensação de sede diminui, e a pele fica mais ressecada em temperatura mais fria, portanto esteja atento à ingestão de água. A recomendação é 35 a 40ml de água/kg de peso.

Vontade de comer chocolate

Ficar embaixo do cobertor, vendo televisão e comendo chocolate… Combinação tentadora e explosiva para quem quer perder ou manter o peso. O consumo de pequena porção pode fazer parte de um programa alimentar para controle ou perda de peso. Utilize embalagem individual (25g) e utilize chocolate acima de 50% de cacau, pois possuem benefícios para a saúde e promovem mais saciedade do que chocolate branco ou ao leite.

Preparação de hortaliças

Com o tempo mais frio não dá vontade de comer hortaliças geladas ou na forma de saladas. Então, substitua por preparações assadas, grelhadas, refogadas ou na forma de purê. Cuidado com preparações como suflê e creme (milho, espinafre). Troque o creme de leite por requeijão light, creme de ricota, cottage ou iogurte desnatado na elaboração das receitas.

Dê preferência a alimentos integrais

Os alimentos integrais (cereais, pães, farinhas, farelos, biscoitos) promovem mais saciedade, preservam as vitaminas e minerais e regularizam o intestino.

Não deixe de praticar exercício regularmente

Para ter sucesso na perda de peso, manutenção do peso e melhora da composição corporal, deve-se associar dieta com exercício de resistência (corrida, caminhada, bicicleta, remo, natação…) e exercício de força (musculação). Quanto maior a massa muscular, mais acelerado é o metabolismo e maior é o gasto energético em repouso. Escolha o exercício que mais lhe agrada, desta forma terá maior adesão. Faça o seu dia mais ativo. O sedentarismo é fator de risco para a saúde. É mais saudável um indivíduo obeso ativo do que um magro sedentário. Estudos científicos apontam que o sedentarismo e a redução da prática esportiva são grandes causadores do aumento da obesidade no mundo.

As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Globoesporte.com / EuAtleta.com.

Nutricionista formada pela UFRJ e pós-graduada em obesidade e emagrecimento. Tem especialização em nutrição clínica pela UFF, especialização em nutrição esportiva pela Universidade Estácio de Sá e trabalha com consultoria e assessoria na área de nutrição. (Foto: Info Esporte).

Fonte: https://globoesporte.globo.com/eu-atleta/nutricao/noticia/deixe-a-preguica-de-lado-inverno-e-a-melhor-hora-para-comecar-uma-dieta.ghtml

Comente

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

Obrigatório

 
  • Publicidade