Your browser does not support JavaScript!

Blog

Saiba como o treino na esteira pode te ajudar a correr melhor na rua

A esteira facilita alguns movimentos que são benéficos aos corredores. Sendo assim, uma corrida nesse equipamento pode ser utilizada como exercício de biomecânica

Por Raquel Castanharo, Jundiaí-SP
01/04/2017 07h57 Atualizado há 4 horas

Existem diferenças entre correr na rua e na esteira. Algumas são bastante perceptíveis, como a necessidade de maior divisão de atenção na rua e suas constantes irregularidades de terreno. Já outras diferenças, como as de mecânica de corrida, são mais difíceis de serem percebidas, porém podem ser úteis e interessantes para quem corre.

A esteira facilita alguns movimentos que são benéficos aos corredores. Sendo assim, uma corrida nesse equipamento pode ser utilizada como um treino de biomecânica da corrida. Focar em alguns pontos de biomecânica que são mais fáceis de serem executados na esteira do que na rua podem ajudar você a correr melhor:

A esteira facilita uma melhor aterrissagem
Para a biomecânica da corrida, uma boa forma de pisar é aquela onde o pé toca o chão bem próximo ao tronco. Nela o joelho não estica muito para frente e assim o pé não se afasta demais. A esteira facilita esse tipo de aterrissagem e tende a diminuir a distância entre o pé e tronco.

A esteira ajuda na impulsão
O movimento contínuo da cinta da esteira facilita a impulsão do corpo para frente e aumenta o movimento de extensão do quadril (quadril para trás). É uma boa oportunidade para treinar o aumento a amplitude de movimento dessa articulação.

Na esteira a cadência tende a ser maior
É mais fácil manter uma cadência alta na esteira, ou seja, o número de passos por minuto fica maior. Essa característica biomecânica é benéfica para a corrida pois está associada a menor sobrecarga no joelho, menor impacto e menor oscilação vertical do corpo.

*As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Globoesporte.com / EuAtleta.com.

Fisioterapeuta formada e mestra em biomecânica da corrida na USP. Realizou pesquisa em biomecânica da coluna na Universidade de Waterloo, Canadá. Trabalha com fisioterapia e avaliação biomecânica em São Paulo e Jundiaí. www.raquelcastanharo.com.br (Foto: Editoria de Arte) Fisioterapeuta formada e mestra em biomecânica da corrida na USP. Realizou pesquisa em biomecânica da coluna na Universidade de Waterloo, Canadá. Trabalha com fisioterapia e avaliação biomecânica em São Paulo e Jundiaí.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/saiba-como-o-treino-na-esteira-pode-te-ajudar-a-correr-melhor-na-rua.ghtml

Foto: Pricenfees, Licença: CC-BY

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePin on PinterestShare on Reddit

Comente

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

Obrigatório